Os problemas causados pelas (consequências do pecado).


Resposta baseada no artigo: O pecado de Davi e Bate-Seba

Pergunta: A falta de disciplina dos filhos de Davi é fruto do pecado dele com Bate-Seba?

Porventura Davi, caso tivesse disciplinado seus filhos, como ele mesmo fora disciplinado, seus filhos se comportariam da mesma forma?
Porventura eu, que tive um pai ou mãe que “talvez” não foram condizentes e responsáveis em relação a minha educação, eu estaria fadado a viver como eles e sofrer os aguilhões da vida mediante a educação não fornecida?
Entendo que pela posição de Davi, algumas atitudes dele com certeza irão gerar consequências no seu Reino e principalmente na família dele.
Entendo que se um pai também tem um comportamento e atitude, provavelmente seus filhos e filhas poderão seguir os seus passos em relação a isso. Mas também provavelmente poderão não seguir os mesmos passos.
Ora, se um pai é assassino, o filho também será?
Ora, se uma mãe é uma prostituta, a filha também será?
Tenho certeza que as escolhas individuais são impostas para cada um, e como Amon foi bem alertado, até sua irmã Tamar avisou-lhe para não cometer tal loucura, mas ele cometeu.
Poderia ele ter sido diferente? Sim, poderia.
Então, na minha opinião e na minha vertente posição, não podemos dizer que o pecado do Pai é consequência da vida do filho. As atitudes dele geram problemas, assim como todas as ações geram reações, mas a consequência do pecado de Davi, foi a morte de seu filho.

2 Samuel Cap. 12 Vers 13 : Então Davi disse a Natã: “Pequei contra o Senhor!” E Natã respondeu: “O Senhor perdoou o seu pecado. Você não morrerá. 14 Entretanto, uma vez que você insultou o Senhor, o menino morrerá.

consequencias-do-pecado

Quero lembrar que antes do leitor ler esse artigo para melhor compreensão, não estamos falando aqui de um Deus que quando alguém peca, ele quer matar, condenar e lançá-lo no inferno não é isso!

Eu falo de Um Deus que é justo ama a justiça e aborrece a iniquidade ele ama o ser humano e quer perdoá-lo e levá-lo para o céu.

Sabemos que quando o ser humano peca, ele fere a santidade de Deus e desobedece ao seu Criador. Se o ser humano se arrepender do seu pecado o Senhor está pronto para perdoar, porém como ele é um Deus justo ele corrige e repreende o ser humano.  O fato de alguém está sofrendo alguma consequência por causa do seu pecado, não significa dizer que Deus não o ama.

(Provérbio: 3.11,12) Meu filho, não despreze a correção do Senhor nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, assim como o pai faz ao filho de quem deseja o bem.

(Apocalipse: 3.19) Eu repreendo e castigo aqueles que eu amo. Por isso, seja zeloso e arrependa-se.

A falta de disciplina dos filhos de Davi poderia ser fruto do seu pecado, e também não poderia .Vamos observa o que Deus falou:

(2 Samuel: 12.11) Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.

Deus está falando através do profeta Natã que levantaria o mal por causa do pecado de Davi.Nem sempre o pecado de um pai gera consequência na vida de um filho. Nesse caso a falta de disciplina dos filhos de Davi fora fruto da consequência do seu pecado por permissão de Deus, isso foi um caso específico porque Deus tinha falado.

Outro ponto importante segundo o seu comentário quando um pai ensina o caminho ao seu filho isso é o nosso dever como pai porém isso não garante que os nossos filhos vão ser fiéis a Deus a questão de ser fiel a Deus é uma escolha particular de cada um. Jesus escolheu os 12 discípulos e ensinou a sua palavra mais teve um que não quis segui-lo.

 (I Samuel: 8,1,2,3) Ora, havendo Samuel envelhecido, constituiu a seus filhos por juízes sobre Israel.O seu filho primogênito chamava-se Joel, e o segundo Abias; e julgavam em Berseba. Seus filhos, porém, não andaram nos caminhos dele, mas desviaram-se após o lucro e, recebendo peitas, perverteram a justiça.

Falando de escolhas como você mencionou, existe escolhas que olhamos para frente e dizemos: E isso que eu quero para mim! Porém existem outros tipos de escolhas que fazemos sem querer somos pressionados, forçados, tentados, e por falta de vigilância e por fraqueza somos desobedientes e fazemos escolhas erradas. Eu me refiro nesse caso quando uma pessoa é temente a Deus, mais quando um homem não tem o temor do Senhor ele mesmo faz escolhas erradas e não se arrepende do pecado, embora também seja influenciado pela tentação o apóstolo Paulo falou sobre isso:

(Romanos: 7.19) Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.

A morte do filho de Davi fora apenas uma das consequências. O Senhor falou que levantaria da sua própria casa o mal sobre ele  esse mal seria todas as outras consequências que ele mais tarde sofreria.

Observe na passagem quando diz (levantarei um mal,) não existe dois pontos se existisse dois pontos, a palavra adiante iria relatar qual seria esse mal, porem; nós observamos quando a palavra diz o mal sobre ti, ela vem acompanhado por uma vírgula isso significa dizer que (o mal) seria um grupo de consequências, as outras coisas depois das vírgulas seria outras consequências.

Nos observamos que Davi reconhece todo o mal que veio sobre ele que foi fruto das consequência do seu pecado. Observe o que ele disse no final da passagem :

(Samuel: 16.11) Disse mais Davi a Abisai, e a todos os seus servos: Eis que meu filho, que saiu das minhas entranhas, procura a minha morte; quanto mais ainda este benjamita? Deixai-o, que amaldiçoe; (porque o Senhor lho disse.)

Na época da lei segundo a bíblia quando um homem adulterava com uma mulher morreria tanto o homem como a mulher segundo a lei era para morrer os dois:

( Levítico: 20.10) Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera.

Pela lei Davi era para morrer Porém Davi não morreu por misericórdia de Deus por isso o profeta disse o Senhor traz passou o teu pecado não morrerás porque ele se arrependeu grandemente. Deus não matou Davi mais por consequência Deus tocou na vida da criança.

(2 Samuel: 12.15) Então Natã foi para sua casa; e o Senhor feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi, e adoeceu gravemente.

O FILHO PODE SOFRER CONSEQUÊNCIAS POR CAUSA DO PAI.

Suponhamos que um homem fosse ladrão e tivesse o vício de roubar e esse mesmo homem tivesse um filho pelos atos do pai de alguma forma o filho poderia ser motivado vendo aquela ação errada do pai e por influência do inimigo o filho poderia se transformar em um ladrão também. Então por consequência do pecado do pai o filho se transformou em um ladrão.

Claro isso não é uma regra não podemos generalizar não poderíamos aplicar essa situação para todos os casos. Mesmo o pai sendo ladrão o filho poderia escolher outro caminho e seguir uma vida honesta e ser uma pessoa de bem.

OBS. Não podemos confundir consequências de um pecado com culpa de um pecado. Uma pessoa pode sofrer uma consequência de um pecado de outra pessoa, que seja da família ou não, mesmo sem ter praticado, sem ter culpa, ou sem ter cometido tal pecado.

Na bíblia existe inúmeras passagens mais vou citar uma: certa vês em Israel ouve três anos de fome naquela época existia centenas e centenas de pessoas fieis a Deus e Davi consultou ao Senhor e perguntou o porquê daquela fome e Deus disse que a causa daquela fome o culpado era Saul porque tinha matado os gibeonitas:

(2 Samuel: 21.1) E houve nos dias de Davi uma fome de três anos consecutivos; e Davi consultou ao SENHOR, e o SENHOR lhe disse: É por causa de Saul e da sua casa sanguinária, porque matou os gibeonitas.

Então quando se trata de pecado todos nos seres humanos somos responsáveis a bíblia diz: De que reclama o homem dos seus próprios pecados. Nos somos responsáveis pelos nossos pecado porém o culpado é o diabo.

Lá em Daniel na oração das 70 semanas quando Israel pecou Daniel estava orando por Israel, Daniel não tinha pecado mais; por ele ser de Israel ele se envolveu no meio do povo como ele mesmo estivesse cometido pecado também veja:

(Daniel: 9.5) Pecamos, e cometemos iniquidades, e procedemos impiamente, e fomos rebeldes, apartando-nos dos teus mandamentos e dos teus juízos.

Ex: Se um homem é violento com a sua esposa e a espanca, digamos que seu filho entra do meu da briga para apartar em meio a essa briga o pai bate no filho também, o filho está sofrendo algumas consequências por atitudes erradas do pai.

O PERDÃO NÃO NOS LIVRA DE TODAS DAS CONSEQUÊNCIAS.

Outro ponto que precisamos saber é que o perdão de Deus não nos livra de todas as consequências do pecado. Quando eu peco e me arrependo do meu pecado Deus me perdoa, porém consequências virão.

Quando Israel pecou adorando o bezerro de ouro Moisés orou a Deus e ele perdoou todo povo, porém os culpados que não queriam nada com Deus foram mortos a espada:

(Êxodo: 32.27) E disse-lhes: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta, e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu vizinho.

Quando Adão e Eva pecaram eles receberam várias consequência do seu pecado uma delas foi; veio do pó e do pó voltará mesmo nós que aceitamos Jesus e nos arrependemos dos nossos pecados mesmo assim vamos voltar ao pó porque foi consequência do pecado de Adão:

(Gênesis: 3.19) No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás.

Quando Israel pecou lá no deserto tentando ao Senhor ao invés deles passarem em média 40 dias Deus multiplicou os 40 dias por quarenta anos por causa do seu pecado a grande maioria não entrou na terra eles morreram no deserto e os seus filhos levaram as iniquidades dos seus pais sobre eles.

Veja o texto:

Números: 14.33 E vossos filhos pastorearão neste deserto quarenta anos, e levarão sobre si as vossas infidelidades, até que os vossos cadáveres se consumam neste deserto.

CONSEQUÊNCIA NEM SEMPRE SIGNIFICA CULPA.

Uma coisa que precisamos entender os homens que pecaram contra Deus no deserto não foram salvos, os seus filhos que ficaram vivos sofreram as consequências do pecado de seus pais, porém mesmo eles sofrendo as consequências do pecado do seu pai isso não significa dizer que eles perderam a salvação. A salvação é individual se eles foram fiéis a Deus no decorrer da sua vida eles foram salvos

Observamos também na bíblia que pelo pecado de Saul os seus filhos sofreram as consequências e foram mortos:

(1 Samuel :31 2) E os filisteus perseguiram a Saul e a seus filhos; e mataram a Jônatas, e a Abinadabe, e a Malquisua, filhos de Saul.

Vejamos um outro exemplo por causa do pecado de Acã morreram toda a sua família:

(Josué: 7. 24,25) Então Josué, e todo o Israel com ele, tomaram a Acã filho de Zerá, e a prata, e a capa, e a cunha de ouro, e seus filhos, e suas filhas, e seus bois, e seus jumentos, e suas ovelhas, e sua tenda, e tudo quanto ele tinha; e levaram-nos ao vale de Acor.

CADA PESSOA SERÁ RESPONSÁVEL PELOS SEUS PRÓPRIOS ATOS.

 

Cada pessoa dará conta de si diante de Deus, isso fala da culpa do pecado particular de cada pessoa onde influi para a salvação da alma. Veja o que diz o versículo:.

(Deuteronômio: 24.16) Os pais não morrerão pelos filhos, nem os filhos pelos pais; cada um morrerá pelo seu pecado.

Então sofrer consequência não significa ser culpado pelo pecado do pai a não ser que ele pratique os mesmos pecados do pai vejamos outra passagem:

(“Ezequiel: 18:20) A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniquidade do pai, nem o pai, a iniquidade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a perversidade do perverso cairá sobre este.” (Ezequiel: 18:20).

O HOMEM É CULPADO DA CONSEQUÊNCIA QUANDO ELE SOFRE PELO SEU PRÓPRIO PECADO PRATICADO.

 

Observamos em outro texto bíblico que os escribas foram também culpados pelos pecados dos seus pais, porque fizeram e continuaram ainda fazendo o mesmo:

(Mateus: 23.30 a 36) E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas.
Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas.
Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.
Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?
Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade;
Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.
Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração.

Então com esse artigo espero ter te ajudado e tirados todas as suas dúvidas

Um forte abraço

Daniel Nascimento.

gostou, compartilhe

Deixe o seu e-mail para receber dicas da bíblia e atualizações do blog.

Daniel Nascimento

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *